Sobre a Companhia

Somos a maior empresa de acrílicos e estirênicos da América Latina, em termos de capacidade nominal de produção (com base nos dados do IHS e ABIQUIM). Nosso comprovado histórico operacional remonta a 1966, quando começamos a produzir resinas termoplásticas com tecnologia própria em São Paulo, Brasil. Hoje, somos uma empresa química verticalmente integrada que produz um portfólio diversificado de produtos químicos, petroquímicos, plásticos e fertilizantes através de várias unidades produtivas no Brasil e no México. Em 2017, fomos o único produtor de acrilonitrila e MMA na América Latina (com base nos dados do IHS) e tivemos a maior capacidade nominal de produção de estireno e poliestireno (combinados) na América Latina (com base nos dados do IHS e da ABIQUIM).

Operamos várias plantas químicas distribuídas em três regiões principais (Bahia, São Paulo e México), estrategicamente localizadas perto (i) de complexos petroquímicos, através dos quais somos abastecidos com nossas principais matérias-primas e (ii) dos nossos principais mercados. Atendemos vários clientes e uma extensa gama de setores, incluindo construção civil, automotivo, eletrodomésticos, eletrônicos, agricultura, têxtil, mineração, embalagem, beleza e saúde. Ao longo das últimas cinco décadas, desenvolvemos forte relacionamento com os maiores fornecedores e usuários finais do setor petroquímico na América Latina e construímos com excelência instalações de última geração para fornecer soluções e produtos inovadores aos nossos clientes.

Para os exercícios findos em 31 de dezembro de 2017, 2016 e 2015, registramos vendas líquidas de R$ 2.787,6 milhões, R$ 2.480,4 milhões e R$ 2.523,7 milhões, respectivamente, lucro líquido no ano de R$ (60,4) milhões, R$ 11,4 milhões e R$ 99,4 milhões, respectivamente, e EBITDA Ajustado de R$ 369,0 milhões, R$ 247,2 milhões e R$ 343,5 milhões, respectivamente. Para os exercícios findos em 31 de dezembro de 2017, 2016 e 2015, as vendas de nossos produtos acrílicos representaram 50,4%, 48,2% e 52,1% de nossas vendas líquidas, respectivamente, e as vendas de nossos produtos estirênicos representaram 49,6%, 51,8% e 47,9% das vendas líquidas, respectivamente.

Nós vendemos duas categorias principais de produtos, conforme indicam os tópicos abaixo:

Acrílicos

Nosso negócio de acrílicos consiste principalmente na produção e venda de acrilonitrila, metacrilatos (MMA e EMA), chapas acrílicas cast, cianeto de sódio e sulfato de amônio, que são utilizados ​​essencialmente em aplicações têxteis, automotivas, construção civil, saúde e beleza, eletrodomésticos e eletrônicos. Nossos produtos acrílicos são vendidos principalmente para fabricantes de produtos químicos e transformadores. Nossos produtos Acrílicos representaram R$ 1.406,2 milhões, R$ 1.197,6 milhões e R$ 1.314,7 milhões, ou 50,4%, 48,2% e 52,1% de nossas vendas líquidas em 2017, 2016 e 2015, respectivamente.

 

Nossos produtos acrílicos são produzidos em complexos de produção situados na Bahia, no Brasil e no México:

Bahia:

Operamos duas unidades fabris, Camaçari e Candeias, nas quais produzimos acrilonitrila, metacrilatos (MMA e EMA), cianeto de sódio, sulfato de amônio e outros produtos, como resina de PMMA, acetonitrila e outros produtos intermediários que são consumidos em nosso processo produtivo, como ACH e HCN. Dada a localização estratégica de nossas unidades e nosso modelo de negócios integrado, nossas unidades na Bahia fornecem MMA para nossa produção de chapas acrílicas cast, no México. Em 31 de dezembro de 2017, nossas unidades de produção na Bahia tinham capacidade de produção nominal combinada de 100.000 toneladas ao ano de acrilonitrila, 90.000 toneladas de metacrilatos (MMA e EMA), 52.000 toneladas de cianeto de sódio (solução e sólido, combinados) e 450.000 toneladas de sulfato de amônio (em pó e granulado, combinado). Também possuímos duas fábricas na Bahia com capacidade de produção nominal combinada de 16.000 toneladas ao ano de chapas acrílicas, atualmente ociosas.

México:

Operamos duas fábricas de chapas acrílicas cast localizadas em Ocoyoacac e San Luis Potosí, e uma planta de ácido sulfúrico, localizada em Cosoleacaque. Também possuímos uma fábrica de MMA em Cosoleacaque e uma fábrica de ACH em Coatzacoalcos, que estão atualmente inativas. Em 31 de dezembro de 2017, nossas unidades de produção mexicanas tiveram capacidade anual de produção nominal combinada de 18.000 toneladas de chapas acrílicas cast.

Estirênicos

Nossa divisão de estirênicos consiste principalmente na produção e venda de estireno, poliestireno e látex, que são usados ​​principalmente na produção de bens de consumo, eletrônicos, materiais de construção e eletrodomésticos. Nossos produtos estirênicos também são vendidos principalmente para fabricantes de produtos químicos e transformadores. Nossos produtos estirênicos representaram R$ 1.381,4 milhões, R$ 1.282,8 milhões e R$ 1.209,0 milhões, ou 49,6%, 51,8% e 47,9% de nossas vendas líquidas, em 2017, 2016 e 2015, respectivamente.

 

Nossos produtos estirênicos são produzidos em complexos de produção localizados na Bahia e em São Paulo, ambos no Brasil:

Bahia:

Temos uma unidade de produção em Camaçari, na qual produzimos estireno. Em 31 de dezembro de 2017, nossas unidades de produção na Bahia tiveram capacidade anual de produção nominal combinada de 160.000 toneladas de estireno. Parte do estireno produzido em nosso site de Camaçari é usado como matéria-prima em nossas operações integradas de poliestireno e látex em nossas unidades em São Paulo, Brasil. Em 2018, concluiremos os investimentos em nossa unidade de Camaçari, que elevará nossa capacidade de produção anual de estireno para 180.000 toneladas.

São Paulo:

Temos unidades fabris localizadas em três locais diferentes em São Paulo: Cubatão, São José dos Campos e Guarujá. Produzimos estireno em nosso parque industrial localizado no polo petroquímico de Cubatão, próximo ao porto de Santos, um dos principais portos da América Latina. Em São José dos Campos, temos uma planta de poliestireno localizada no parque industrial da Monsanto. Também operamos uma planta de poliestireno e uma planta de látex localizada na unidade petroquímica da Dow Chemical no Guarujá, perto do porto de Santos. Em 31 de dezembro de 2017, nossas unidades industriais de São Paulo tiveram capacidade produtiva anual nominal combinada de 120.000 toneladas de estireno, 310.000 toneladas de poliestireno e 42.000 toneladas de látex.

Os mapas abaixo mostram a localização e a capacidade nominal de produção anual (em toneladas) dos principais produtos de nosso portfólio, segmentados por unidades produtivas, em 31 de dezembro de 2017:

BRASIL

CANDEIAS, BA
Metacrilatos (MMA, EMA) 90.000
Cianeto de Sódio (1) 18.000
Sulfato de Amônio (2) 350.000
Chapas Acrílicas (3) 16.000
CAMAÇARI, BA
Estireno  190.000
Acrilonitrila 100.000
Cianeto de Sódio(1) 18.000
CUBATÃO, SP
Estireno 120.000
SÃO JOSÉ DOS CAMPOS, SP
Poliestireno (4) 190.000
GUARUJÁ, SP
Poliestireno 120.000
Látex 42.000

MÉXICO

SAN LUÍS POTOSÍ
Chapas Acrílicas 6.000
OCOYOACAC
Chapas Acrílicas 12.000
COSOLEACAQUE
Ácido Sulfúrico 65.000
MMA (3) 25.000

(1) Apenas cianeto de sódio solução.
(2) Somente sulfato de amônio em pó.
(3) Capacidade ociosa.
(4) Incluindo 70.000 toneladas por ano de capacidade ociosa.

Última atualização em

Close